Empresas

Indaiatuba divulga balanço anual com aumento de 38% de novas indústrias

A Secretaria Municipal de Governo desempenha um papel importante no fomento de novos negócios entre empresários locais, por meio dos encontros com empresários, palestras, webinários, rodadas de negócios entre outros mecanismos utilizados pela administração municipal para incentivar o consumo no comércio local. Além disso também compete à pasta atrair investidores para Indaiatuba, gerando novos empregos e movimentando a economia do município. Nesse sentido, a Rodada de Negócios, realizada, online, neste ano por meio de uma parceria entre a Prefeitura, Ciesp (Cento das Indústrias do Estado de São Paulo), Aciai (Associação Comercial Industrial e Agrícola de Indaiatuba), Ampei (Associação das Micro e Pequenas empresas de Indaiatuba), Aesci (Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Indaiatuba) e Fiec (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura) contribuiu para a concretização de muitos negócios. Participaram do encontro 8 empresas âncoras, que são as compradoras, e 121 representantes de empresas situadas em várias cidades paulistas. Só em 2019, R$ 2,5 milhões foram concretizados através da Rodada de Negócios.

Os encontros com empresários que neste ano não ocorreram devido à Pandemia da Covid-19, reuniram desde 2017 mais de 2.000 participantes. O objetivo dessas reuniões é oferecer capacitação para os profissionais e estreitar a relação entre eles.

Segundo o secretário da pasta, Renato Stochi, os estímulo a novos negócios é de extrema importância e reflete diretamente no desenvolvimento da economia local. “Temos buscado formas de incentivar novos acordos comerciais, beneficiando os empresários e a economia do município, geração de empregos, entre outros benefícios” ressaltou.

DIMPE II

Renato também destacou o sorteio, em 2019, dos 123 lotes do Dimpe II (Distrito de Micro e Pequenas Empresas), localizado na Estrada do Capovilla, no Bairro Pimenta. “Esse programa foi criado para beneficiar os pequenos empresários que ajudam a economia do nosso município girar. Com ele damos a oportunidade, principalmente, para aqueles que estão instalados em locais não permitidos pela legislação atual e que, por isso, estavam impedidos de ampliar as instalações de suas empresas e, consequentemente, seus negócios”, explicou.

O sorteio aconteceu em Junho do ano passado (2019) na presença de representantes das 341 empresas classificadas. Em novembro passado o Prefeito Nilson Gaspar (MDB) participou da cerimônia de assinatura dos contratos de compra e venda para as empresas contempladas com lotes do Dimpe II.

EMPREGABILIDADE

Até Setembro de 2020 os números do Caged (Cadastro Geral de empregados e desempregados) mostraram o reflexo da Covid-19 em relação à admissões e desligamentos neste ano. Em 2017 o saldo terminou em 115 vagas positivas, significa que foram admitidas mais pessoas do que desligadas durante o ano. Em 2018 o saldo foi de 2.549 vagas positivas e em 2019, 2.760. Os números deste ano até setembro mostravam um saldo de 981 vagas negativas, reflexo do impacto do Novo Coronavírus na geração de novos empregos, embora no último trimestre tenha sido apresentada uma evolução constante positiva: Em julho/2020, o saldo foi de 96 vagas positivas, em agosto/2020, 449 vagas positivas e em setembro/2020, 876 vagas positivas. Se a alta se manter, provavelmente o saldo geral, que está negativo, poderá se tornar positivo, mesmo em um ano onde a atividade econômica foi pausada por um tempo devido à Pandemia.

PAT (Posto de atendimento ao trabalhador)

O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), vinculado à Secretaria de Governo, foi bastante movimentado e atendeu mais de 69 mil pessoas em 2020, valor corresponde à metade do atendimento em 2019 que significa que as pessoas estão aderindo cada vez mais os serviços digitais, como a carteira profissional digital que pode ser baixada em qualquer celular, tanto Android quanto IOS.

A unidade é mantida por meio de uma parceria da Prefeitura com o Governo do Estado de São Paulo, coordenado pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), que faz intermediação entre empresas que precisam de mão de obra e profissionais que procuram emprego. No Posto, agora localizado no Ponto Cidadão, na Rua 24 de maio, 1670, também é possível fazer inscrição para o seguro-desemprego, emissão da carteira de trabalho, inscrição para o Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) e para o Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência (Padef). Todos os serviços são gratuitos.

BANCO DO POVO

O número de atendimentos realizados pelo Banco do Povo Paulista, programa de microcrédito para empreendedores, saltou de 1.529 em 2019 para 2.202 neste ano. O total financiado também cresceu significativamente, passando de R$ 484 mil em 2019 para R$ 1,35 milhão este ano. O aumento é atribuído principalmente às alterações nas regras para empréstimos e taxa de juros que foram flexibilizadas para auxiliar as empresas no combate à Pandemia da Covid-19.

Lembrando que o Banco do Povo agora está integrado ao Ponto Cidadão na Rua 24 de maio, 1670.

RESUMO INDUSTRIAL, COMERCIAL E SERVIÇOS

Atualmente Indaiatuba possui um total de 902 indústrias, sendo que apenas neste ano chegaram novas 65, um crescimento de 38% em relação à 2019 quando chegaram até a cidade 47 novas indústrias. A área que concentra maior número de indústrias é o Distrito Industrial Recreio Campestre Jóia com um total de 503 indústrias, seguido pelo Distrito Vitória Martini com 171 e o Distrito João Nazezzi com 132. Para os que desejam se instalar em Indaiatuba o Distrito Industrial American Park apresenta uma área disponível de 51% seguido do Distrito Industrial Nova Era com 49,5% e o Distrito Industrial Vitória Martini com 42,5% de área disponível. Os setores de atuação que lideram o ranking em Indaiatuba, são, por ordem: Metalurgia (162 indústrias), Máquinas, Equipamentos e Ferramentas (159), Têxtil e Vestuário (73), Peças e Acessórios (63), Borracha, Plástico e Vidro (52), Produtos Químicos (48), Movelaria (47), entre outros.

Na economia do município temos também cadastrados este ano, 3.695 prestadores de serviços autônomos, 14.112 prestadores de serviços jurídicos e 5.208 comércios, 105 a mais do que em 2019 quando a cidade registrava 5.103 comércios.

Indaiatuba também sente o reflexo da Pandemia nas exportações, que neste ano somaram US$332,67 milhões número menor que em 2019 quando foi exportado um total de US$377,24 milhões. Se as exportações foram menores este ano, as importações seguiram o mesmo caminho. Em 2019, foram importados um total de US$928,11 milhões, já em 2020 esse número foi reduzido a US$796,36 milhões uma queda de aproximadamente 15%.

CATÁLOGO DAS INDÚSTRIAS

O Catálogo das Indústrias foi criado para facilitar a comunicação com as empresas locais e fornecer à população um material concreto sobre o parque industrial do município. Em 2019 foram 350 empresas cadastradas, número igual ao de 2020 que conteve o mesmo número.

Neste ano, pela primeira vez, o Catálogo das Indústrias teve sua versão digitalizada, podendo ser acessado por um aplicativo disponível para celulares Android. Ao todo foram 1.028 downloads.

A Cidade de Indaiatuba é pioneira a ter tal ferramenta. Para baixar vá até a Play Store e busque por: Indústrias Indaiatuba.

CENSO DEMOGRÁFICO, IBGE 2021

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou através de suas plataformas oficiais que o Censo demográfico que aconteceria este ano foi adiado para 2021, seguindo orientação do Ministério da Saúde relacionada ao quadro de emergência de saúde pública causada pela Covid-19.

O processo seletivo para contratação de recenseadores e supervisores foi suspenso e os candidatos que já efetuaram o pagamento da inscrição foram reembolsados.

PIB

PIB é a sigla para Produto Interno Bruto, que, em linhas gerais, é um indicador econômico que apresenta a soma de todos os bens e serviços produzidos em uma área geográfica em um determinado período. Sendo assim, o PIB representa a dinâmica econômica do lugar, apontando o possível crescimento da economia.

Em 2017, Indaiatuba registrava um PIB de R$ 12,05 bilhões, em 2018, um leve crescimento R$ 12,15 bilhões. Em 2019 uma queda, R$ 11,73 bilhões. Neste ano, o maior valor da história: R$ 13,48 bilhões, um crescimento de aproximadamente 15% comparado ao ano passado.

Para o Prefeito Nilson Gaspar (MDB) é um sinal muito positivo o comércio ter crescido mesmo em tempos de Pandemia. “Me surpreende Indaiatuba ter crescido 38% no setor industrial em 2020. Muitas cidades da região perderam comércios enquanto o saldo de Indaiatuba foi positivo. Isso é reflexo de uma cidade segura, competitiva que dá ao comerciante capacidade de crescimento e evolução. Nossa gestão, investindo na estrutura da cidade, colhe os frutos de mais comércios abrindo e vindo para cá. Me sinto orgulhoso de ver uma cidade que mesmo em pandemia prospera a cada dia mais.

PROGRAMA VIVER

Através da Secretaria de Governo e da Prefeitura Municipal de Indaiatuba, o Programa Viver tem como objetivo ações de prevenção para crianças e adolescentes em idade escolar contra o uso abusivo de álcool e drogas. O Programa visa ações para jovens em situação de risco, ou não. Desde 2014, 146 mil jovens foram atendidos e orientados pelo programa; este número inclui os jovens atendidos em escolas estaduais, municipais, particulares, Senai, SESI, condomínios entre outros. Este ano, devido à pandemia os eventos e encontros foram suspensos.

Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Empreendedor BR

O Portal Empreendedor BR surgiu na expectativa de transmitir e fomentar conteúdos diferenciados voltados aos empreendedores brasileiros.

Copyright © 2019 - Empreendedor BR - Notícias | Ideias | Oportunidades. Todos os direitos reservados

To Top